Sobre Nós

Especializado no fornecimento de embutidos e pertences para feijoada e reconhecido pela excelência no atendimento personalizado, o Empório Zucchini agora também oferece a seus clientes a possibilidade de comprar seus produtos pela internet.

Inaugurada em novembro de 2018, a loja virtual é uma extensão do tradicional boxe do Mercadão para quem busca a qualidade de sempre sem ter que sair de casa ou de seu estabelecimento comercial.

Como tudo começou
– A história do Empório Zucchini tem início em 1930, quando Conrado Zucchini, na época com 30 anos de idade, comercializava embutidos, salsichas e linguiças para os feirantes de São Paulo, fazendo as entregas com seu próprio caminhão.

Pouco tempo depois, com o surgimento do Mercado Municipal Paulistano, seu Conrado decide participar da licitação e acabou conseguindo a concessão de um boxe. Na ocasião, como o Mercadão não tinha todos os boxes ocupados e no local não passava transporte, o empreendedor coloca seu irmão à frente do novo negócio, mantendo-se no fornecimento dos embutidos para seus clientes.

Dez anos mais tarde, com o progresso da infra-estrutura do Mercadão e de seu entorno, inclusive com acesso via bondes, o pequeno negócio começa a tomar forma, passando a estocar os produtos no boxe 17 da Rua D, onde o Empório Zucchini está estabelecido até os dias de hoje.

Segunda geração – Em 1962, o filho Cláudio Conrado Zucchini, então com apenas 18 anos de idade e recém-saído do serviço militar, também começa a trabalhar no local.

Seguindo as tendências gastronômicas dos restaurantes que aos poucos foram introduzindo a feijoada nos seus cardápios, o Empório Zucchini acaba naturalmente focando sua atuação no fornecimento de pertences e itens que compõem esse prato tipicamente brasileiro que é o único “a la carte” normalmente servido duas vezes por semana: às quartas e aos sábados.

Terceira geração – Com a expansão do negócio, em 1990, entra em cena o representante da terceira geração: ainda cursando o Ensino Médio, Juliano – neto de seu Conrado – passa a reforçar a equipe aos sábados, dia de maior movimento na loja.

Em 1997, depois de graduado em Administração de Empresas, Juliano torna-se sócio de seu pai, com quem divide o comando do Empório Zucchini até hoje.